Pular para o conteúdo principal

Como Criar um Site de Sucesso

A internet ainda é novidade para muitos municípios dos Estados do Brasil. Por ter um território extenso e um alto custo de implantação da infraestrutura telemática muitos municípios contam apenas com a internet móvel que limita bastante o acesso, a internet via satélite que é custo elevado para empresas de pequeno porte. Para muitas pessoas um site ainda é um mistério que poder ser menor com este artigo que terá como orientação: I) a cartilha do SEBRAE MG publicada em 2012 que tem como público alvo o Microempreendedor Individual, Microempresa, Empresa de Pequeno Porte; II) a formação acadêmica do autor e sua experiência no mercado de tecnologia da informação.

As dúvidas maiores estão relacionadas aos termos utilizados quando uma divulgação na internet é necessária. A palavra site é um estrangeirismo, que vem do idioma inglês e significa lugar, local. Na internet é um computador que responde a uma solicitação - feita através de um navegador - com uma ou mais páginas eletrônicas. Como ambiente é diferente da loja física, ou seja, com menor custo se atende muito mais, a preocupação maior é com a disponibilidade sem prejudicar o desempenho, a velocidade e a segurança de quem está acessando. É um recurso eficiente para as empresas que querem se relacionar melhor com seus consumidores e fornecedores, pois permitem programar o computador para obter informações, exibir produtos e serviços, comunicar com sistemas de pagamento (para emitir cobranças) e sistemas logísticos (para solicitar a entrega do artigo comprado). 

Segundo o SEBRAE MG o funcionamento de uma página eletrônica ou um site profissional exige o registro de um domínio e uma hospedagem. O domínio, como o próprio nome diz, é um local virtual de localização da página eletrônica que é identificado por palavras seguidas de extensões. Estas extensões identificam o tipo de comércio, organização, industria, profissional liberal ou repartição pública até a localização geográfica. O controle deste domínio é feito por um órgão que centraliza aqui no Brasil todas os registros: registro.br. Este órgão exige para registro um CPF ou um CNPJ válido e ativo na Receita Federal.

Após o registro a empresa interessada em ter um site na internet precisa hospedá-lo, ou seja, disponibilizar um computador que fique 24 horas por dia ligado na internet para que todas as solicitações dos clientes e fornecedores dentro do domínio sejam atendidas, e este cenário é definido como hospedagem de domínio. 

Este é um procedimento que deve ser deixado com uma empresa especializada no registro, hospedagem e elaboração de sites ou páginas eletrônicas, pois exige um conhecimento técnico que não é oferecido em um curso básico sobre internet.

Hoje em dia os sites estão muito evoluídos e não são somente expositores de produtos e serviços, através de um site é possível manter informações dos clientes, fornecedores e colaboradores, emitir cobranças através de integrações com os bancos, solicitar coleta de produtos dos entregadores. A maioria dos bancos e também as empresas de logística oferecem esse recurso, aceitando uma solicitação direta do seu site para entrega de um produto ou emissão de uma cobrança.

Se você tem interesse em desenvolver uma aplicação destas que não somente expõe seus produtos e serviços, mas também gera cobranças e solicitações a empresas de logística confie seu projeto na Focus


Referências:

SEBRAE MG. Internet na Medida - Como Criar um Site de Sucesso. 2017. Disponível em: <http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/bis/como-criar-um-site-de-sucesso,6dfc438af1c92410VgnVCM100000b272010aRCRD>. Acesso em 30 nov. 2017.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Desafios Enfrentados no EAD

O ensino a distância hoje é um destaque e uma solução para os desafios que a humanidade vem enfrentando e existem desafios maiores por parte dos alunos, professores e instituições. Exemplos destes desafios seriam o interesse e a motivação de todos os envolvidos e a crença popular de que a educação a distância não é bem reconhecida pela sociedade e o mercado de trabalho. Por Parte dos Alunos Por parte dos alunos há uma insegurança muito grande quanto ao aprendizado devido as razões como perturbações da vida familiar, falta de apoio dos empregadores e um grave problema com a auto avaliação, que traz um sentimento percebido e relacionado a irrelevância dos estudos. A impressão que se tem, nos primeiros contatos, é que você estuda e não adianta nada. Isso é percebido quando a etapa do curso condicionada a realização de exercícios para seu progresso. Os fatores que contribuem para esse feedback negativo são o conteúdo do curso mal projetado onde avaliações e materiais não se

O que é framework e o que é IDE?

Um parceiro de negócios e também aprendiz Samuel Silva me perguntou: - O que é especificamente o .NET? Estávamos com o Visual Studio aberto e isso me despertou a vontade de escrever essa postagem. A minha resposta foi simples: - .NET é uma estrutura que possuem uma porção de funções, procedimento e propriedades (tem pessoas que gostam de chamar de artefatos) capazes de nos dar um melhor acesso aos recursos do computador como acesso aos arquivos, memória, placa de rede, drives removíveis, processador e principalmente outros servidores na internet. Como um quarto de ferramentas onde você tivesse todas as suas ferramentas organizadas, tipo aqueles que penduramos na parede. O IDE nada mais é que uma forma de manipular todas essas ferramentas com a facilidade, motivo que mantém o Windows com a maior parte do Market Share. O mais interessante é que com a última versão do Visual Studio 2017 e o Framework .NET Core finalmente a Microsoft liberou no mercado uma linguagem orient

Índice de Sustentabilidade Empresarial – ISE

Já há alguns anos iniciou-se uma tendência mundial dos investidores procurarem empresas socialmente responsáveis, sustentáveis e rentáveis para aplicar seus recursos. Tais aplicações, denominadas “investimentos socialmente responsáveis” (“SRI”), consideram que empresas sustentáveis geram valor para o acionista no longo prazo, pois estão mais preparadas para enfrentar riscos econômicos, sociais e ambientais. Essa demanda veio se fortalecendo ao longo do tempo e hoje é amplamente atendida por vários instrumentos financeiros no mercado internacional. No Brasil, essa tendência já teve início e há expectativa de que ela cresça e se consolide rapidamente. Atentas a isso, a BM&FBOVESPA, em conjunto com várias instituições – ABRAPP, ANBIMA, APIMEC, IBGC, IFC, Instituto ETHOS e Ministério do Meio Ambiente – decidiram unir esforços para criar um índice de ações que seja um referencial para os investimentos socialmente responsáveis, o ISE - Índice de Sustentabilidade Empresarial. Nesse sen